Três sermões sobre Maria - Pe. Antônio Vieira
Destaque Lançamento

Três sermões sobre Maria - Pe. Antônio Vieira

Marca: Edições Livre Data de Lançamento: 26/03/2021

Carregando...
 
Simulador de Frete
- Calcular frete
Páginas -84

SinopseTrês sermões sobre Maria

Estão reunidos nesta edição três sermões do Pe. Antônio Vieira sobre a Santíssima Virgem Maria, a saber:

Sermão da Glória de Maria, Mãe de Deus: pregado na Igreja de Nossa Senhora da Glória, em Lisboa, no ano de 1644, por ocasião da festa em honra à Virgem. Nele, o padre relaciona o que o Cristo dissera de Maria, irmã de Marta — “escolheu Maria a melhor parte” (Lc 10) — a Maria, Mãe de Deus: “Aplicando essa escolha e essa parte à glória da Senhora [...] pretendo provar e mostrar hoje que, comparada a glória de Maria com a glória do mesmo Deus, e fazendo da glória de Deus e da glória de Maria duas partes, a melhor parte é a de Maria: Maria optimam partem elegit”.

Maria, Rosa Mística: este sermão trata da sublimidade do Santo Rosário, oração perfeitíssima porquanto fala o homem com Deus e Deus com o homem:  “Assim que o que determino mostrar, e havemos de ver hoje, será: que a oração vocal do Rosário, enquanto vocal, é a mais alta e levantada de todas”.

Sermão de Nossa Senhora do Ó: pregado por ocasião da festa de Nossa Senhora do Ó, ou festa da expectação do parto de Maria Santíssima, disserta sobre a simbologia da “figura mais perfeita e mais capaz de quantas inventou a natureza e conhece a geometria”, o círculo, presente nesse título dado à Virgem que carrega o Salvador em seu ventre: “Haver-se Deus de fazer homem, novidade foi que assombrou aos profetas quando a ouviram. Porém, que esse mesmo Deus, sendo imenso, se houvesse ou pudesse encerrar em um círculo tão breve, como o ventre de uma Virgem? In utero? Esta foi a maravilha que excede as medidas de toda a capacidade criada”.

As palavras do grande orador português devem poder ajudar-nos a meditar sobre a grandeza e a beleza do mistério de Cristo, e do seio puríssimo em que se encarnou o Verbo eterno do Pai.

 

Sobre o autor

Embora tenha nascido em Lisboa, em fevereiro de 1608, Pe. Antonio Vieira viveu grande parte de sua vida no Brasil. Entrou para a ordem jesuíta em 1624 e foi ordenado sacerdote em 1634. Destacou-se como orador sacro, missionário e político. Morreu aos 89 anos, na cidade de Salvador, em julho de 1697.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características


    Confira também